Jihlava

29. 10. 2013

Explore os segredos do subterrâneo de Jihlava e visite a casa em que cresceu o famoso compositor de música Gustav Mahler!

A cidade de Jihlava atual apresenta o centro moderno da região Vysočina mas no passado era a cidade que, junto com Kutná Hora, era titulado da tesouraria de prata do Reinado Tcheco. Vale a pena ver o centro histórico com a sua rede de ruas em forma de um tabuleiro de xadrez, o labirinto de galerias subterrâneas e o bonito jardim zoológico!

O que você devever

O subterrâneo de Jihlava, cujas galeria alcançam a longitude total de 25 quilômetros, se formou pela ligação das adegas medievais. As galerias na rocha e em diferentes níveis passam debaixo da maioria das casas em torno da praça principal e baixam até 18 metros de profundidade. O labirinto subterrâneo de Jihlava se tornou famoso também pela misteriosa galeria fosforescente – quando o guia apagar a luz, as paredes fosforescem misteriosamente.

A quem você deveria conhecer

O destino do compositor de música Gustav Mahler (1860 – 1911) são ligados com Jihlava e os seus arredores. A exposição na casa a que a família de Mahler mudou desde o vilarejo próximo Kaliště, apresentará a você a família e a infância do compositor, as fontes de inspiração das suas obras e as suas relações posteriores com a cidade. Você pode visitar também o parque de Gustav Mahler no lugar da sinagoga que foi queimada em 1939 ou o cemitério judeu onde ficam sepulcros dos pais e irmãos de Mahler.

Prazeres de um viajante

Perto de Jihlava, num parque florestal nas ribeiras do rio Jihlávka, você encontrará o jardim zoológico sem jaulas que se enfoca na criação de felinos, macacos e répteis. Os amantes de água podem visitar o parque aquático Vodní ráj e os ciclistas podem tomar a grande trilha ciclista a Austria. A trilha de Jihlava a Raabsan der Thaya mede 110 quilômetros e uma terceira parte da trilha apresentam partes seguras que servem só aos ciclistas, in-line e turistas.

Favoritos