O centro de esqui Horní Mísečky – Medvědín em Špindlerův Mlýn

25. 9. 2013

Descidas perfeitas em esqui no inverno, caminhadas excelentes e excursões de bicicleta no verão!

Špindlerův Mlýn apresenta um dos centros montanhosos mais conhecidos da República Tcheca e, ao mesmo tempo, um dos lugares mais visitados da serra de Krkonoše. Da mesma forma como noutros lugares, também aqui há vários conjuntos esportivos e centros de esqui. Entre os mais famosos estão Svatý Petr e Medvědín que estão conectados com o centro Horní Mísečky por um teleférico.

De teleférico até os cumes de montanhas

Um teleférico moderno de quatro cadeiras levará você até o cume de Medvědín (1 235 metros), o cume se encontra na confluência dos rios Elba e Elba Branca, na direção noroeste de Špindlerův Mlýn. O teleférico funciona todo ano, no inverno leva os esquiadores até os inícios de pistas de descida e de esquis de fundo, no verão leva os ciclistas com bicicletas.

Várias pistas de descidase estendem em Medvědín, de níveis diferentes, sendo uma delas a pista preta de 1 quilômetro e de superação de 280 metros. Famílias com filhos e esquiadores menos experientes preferem as ladeiras ensolaradas que jazem acima de Horní Mísečky. Há vários teleféricos terrestres e pistas bem cuidadas, também um snowpark com teleférico terrestre. As pistas de esqui de fundo em Horní Mísečky servem também de ponto de partida para caminhadas pelos cumes que oferecem belas vistas sobre a serra de Krkonoše. Há também um parque infantil Skipark para a criançada, junto à estação baixa do teleférico principal.

Percorrer os cumes a pé e de bicicleta

Mesmo como para os esquiadores em esquis de fundo no inverno, durante o resto do ano o cume de Medvědín apresenta o ideal ponto de partida para as excursões turísticas e ciclistas pelos cumes de Krkonoše. Umas das mais belas vistas da zona montanhosa com a montanha tcheca mais alta da República Tcheca, Sněžka(1 062 metros),são observadasdaqui. Você caminhará facilmente através Zlaté návrší até as cataratasPančavský e Labskývodopád, até o chalé Labská bouda e até o manancial do rio Elba ou até Sněžnéjámy(covas de neve) na fronteira tcheco-polaca.

No meio do caminho, aproximadamente, se ergue o chalé Vrbatova bouda. Você encontrará aqui o túmulo de B. Hanč a V. Vrbata cuja estória forma uma saga heroica da modalidade de esqui tcheca. Esses dois homens ficaram congelados em março de 1913 durante a competição de esqui de 50 quilômetros por causa de um temporal de neve inesperada.

E como continuar?

Você está pensando o que é que mais se pode provar e experimentar em Špindlerův Mlýn? Há uma quantidade imensa de opções! No verão e também no inverno, os amantes de atividades aquáticas e de tratamentos de bem-estar podem visitar o parque aquático local. Você encontrará aqui também uma pista de bobs que está aberta ao longo de todo ano e um parque de escalada fica junto a ele. Nos lugares em que os esquiadores e as pessoas em trenós percorrem, você pode pegar um patinete de todo terreno e um quadriciclo no verão, o percurso no cabo alto ao longo da barragem Labská apresenta uma popular experiência de adrenalina. Com os filhos você pode sair de excursão no pequeno trem panorâmico ou percorrer as sendas Mlynářovystezky – os seus percursos são fáceis e começam no parque municipal na ribeira direita do rio Elba, na frente do hotel Savoy.

Favoritos