A pista de Jesenická magistrála

Jeseníky Mountains
19. 4. 2014

Através do reino das montanhas pela pista de Jesenická magistrála

Feche os seus olhos e imagine-se em um lugar impecável para esqui de fundo… o que você vai ver é a pista de Jesenická magistrála.  Aqui não lhe faltará nada. Planaltos vastos que brilham, vales profundos com pinhos, vistas maravilhosas sobre os picos, subidas e descidas que se alternam – tudo no lugar que se orgulha pelas melhores condições de neve da República Tcheca todos os anos. Então, para que esperar mais, pegue seus esquis de fundo, prepare a cera e vamos lá nas montanhas!

Se você desejar percorrer toda a pista de Jesenická magistrála, à sua espera estão uns 60 quilômetros que traspassam a serra de Jeseníky que é na parte nordeste da República Tcheca. O melhor ponto de partida é o vale de Ramzovské sedlo de onde você deve subir quase 600 metros de superação até o pico Šerák. Se você não se achar preparado para a subida, pode usufruir do teleférico de Ramzová. O percurso vai até o pico Keprník onde você vai presenciar uma vista maravilhosa sobre três serras tchecas – Jeseníky, Krkonoše e Beskydy. Quando você usufruir bastante da vista, uma descida intensa até a bifurcação de Trojmezí estará à sua espera. Para que o percurso não seja monótono, você continuará subindo até o poço Vřesová studánka e depois vai descer até a colada Červenohorské sedlo.

Recarregados pela sopa de alho, vamos lá no Sabá das bruxas!

Continuaremos de Červenohorské sedlo, através Velký Klínovec e Výrovka, e chegamos pela pista de cristas até o chalé popular Švýcárna – não esqueça de esquentar-se pela sopa de alho com o queixo que é excelente. É que você já percorreu mais de 20 quilômetros! Cheio de energia e de vontade depois de um agradável descanso, vá até o pico Praděd que tem 1492 metros e é o pico mais alto da Morávia. Se alcançarmos o pico da emissora que se encontra no cume, temos a maior altura acima do nível do mar da República Tcheca. Daqui, vá até as pedras Petrovy kameny, que tem um lugar conhecido como Sabá das bruxas, segundo lendas. Se nenhuma bruxa fazer você desaparecer, continue até a parte mais aberta do pico. Os percursos através dos planaltos despidos estão marcados pelas varas para melhor orientação. Mas tenha cuidado e siga o percurso marcado – é que ao lado ficam ladeiras de avalanchas perigosas. Vale a pena experimentar um bocadinho de adrenalina, todo o percurso que passa pela Vysoká hole, Kamzičník, Máj e Jelení hřbet está entre os mais belosda Morávia, graças às mais lindas vistas.

De esqui ou de ônibus até o seu destino

Não esqueça de fazer algumas fotos para lembrar-se bem e depois você pode continuar. Desde o poço de Jelení studánka, o percurso continua através do pico Břidličná hora até o Pecný e Pec. Há uma descida um pouco mais exigente através Ztracené skály até Skřítek, onde você pode esquentar-se no chalé local de Skřítek que recebeu o nome segundo o patrão do lugar. Daqui você pode tomar um ônibus até Šumperk. Mas se você quiser continuar, percorra a ladeira de Černé kameny até Nový Malín que fica apenas a 4 quilômetros de Šumperk.

Muitas memórias sem esforço

Você acha a pista de Jesenická magistrála muito difícil? Não importa! Na serra de Jeseníky há bastantes pistas de esqui de fundo das quais você apreciará mesmo sem estar entre os campeões de esqui de fundo. Um dos percursos mais fáceis é a pista de oito quilômetros que sai de Červenohorské sedlo e vai até o pico de Červená hora. Mesmo o percurso sendo mais fácil, , tem muito a oferecer. Basta subir no cume de Červená hora e olhar a paisagem. Você verá toda a serra de Jeseníky, Os picos: Praděd, Kralický Sněžník e um dos monumentos técnicos mais originais do país, a usina aquática de Dlouhé Stráně. O caminho mais fácil até o cume da montanha mais alta da serra Praděd é o percurso de nível médio que mede 12 quilômetros e vai desde Ovčárna até Kouty nad Desnou.

Favoritos