Fim de verão na República Tcheca – um tempo ideal para o turismo cervejeiro!

Prazdroj Brewery
Baixar um guia e uma brochura
25. 8. 2014

A República Tcheca é o país da cerveja, onde qualquer que seja o destino da sua viagem, sempre encontrará um local em que se produz uma cerveja excelente.

O mês de setembro costuma ser um dos meses mais belos no país. A natureza se veste em magníficas cores outonais e as temperaturas externas são agradabilíssimas de maneira que convidam para os passeios. Que tal visitar uma das cervejarias ou participar de uma das festas da cerveja?

Plzeň e Praga – gigantes cervejeiros

Ao dar dicas do turismo cervejeiro, não se pode esquecer de dois famosos centros tchecos da cerveja, as cidades de Plzeň e Praga. Em ambas as cidades os apreciadores dessa bebida de típica espuma branca encontrarão o que estavam procurando, porque além de degustar a cerveja, também poderão aprender muita coisa interessante sobre ela. Podendo para tanto aproveitar a oportunidade e visitar os grandes fabricantes de cerveja, a cervejaria de Prazdroj de Plzeň ou a Staropramen de Praga, como também conhecer museus da cerveja. Há um em Plzeň e vários em Praga, dos quais se destaca o Museu da cerveja da Cidade Velha de Praga ou a Pivovarský dům (casa das cervejarias). Sem falar de centenas de bares, onde poderão experimentar um chope fresquinho o „pão líquido“, como apelidam a cerveja nas regiões tchecas. 

Está subindo cada vez mais a voz das menores cervejarias. E a capital é capaz de oferecer neste segmento outras interessantes. No terreno do Mosteiro de Břevnov ficam as instalações da Cervejaria de São Adalberto (S. Vojtěch em tcheco), e vocês, claro, poderão incluir nas suas rotas esses locais, uma visita ao bar da cervejaria, degustando suas especialidades de cervejas especiais, por exemplo, uma Russian Imperial stout escura a (21 %) com sabor de chocolate de alto teor de cacau. Na cervejaria de Hostivař recentemente construída no bairro municipal de Praga 15, apostaram na cerveja sem pasteurização e filtragem. Sua decisão resultou numa série de cervejas interessantes, desde a „oito“ para ciclistas, e a „quinze“ de um sabor e fragrância fresca de frutas cítricas e flores.

Visitas as menores cervejarias

O visitante poderá optar por uma rota da cerveja também em outras cidades além de Praga e Plzeň. Excursões que incluem uma degustação de cervejas são oferecidas tanto pelas cervejarias tradicionais de grande e médio porte, como por exemplo a de Budvar em České Budějovice, Radegast em Nošovice, a cervejaria de Krušovice, a da Primátor em Náchod ou a cervejaria Starobrno da cidade de Brno, mas há também muitas cervejarias menores, geralmente comandadas por uma família. Vocês serão muito bem vindos na cervejaria Neumann que fica perto da cidade de Mělník, ou na cervejaria Koutský, da serra de Šumava, a cervejaria do palácio de Chyše em Černý Orel,  localizada na cidade de Jindřichův Hradec, ou a cervejaria Slavkovský, cuja especialidade é Slavkovské - uma cerveja branca de 12° feita de trigo com cheiro de bananas e cravo.

Passeando pelas rotas da cerveja

Visitar uma das cervejarias poderá virar um ponto de partida, um destino, ou uma paragem da caminhada pelas rotas da cerveja. Vocês poderão combinar suas andanças por Krkonoše, a serra mais alta da Boêmia, degustando uma boa cerveja, seguindo a Rota da cerveja de Krkonoše, que passa por Vrchlabí, Cabanas de Fries e Cabana Luční. Ao longo da rota de 22 quilômetros, experimentarão cervejas originais de quatro cervejarias. Uma subida do programa semelhante, pode ser realizada numa outra serra magnífica, a de Beskydy. Além de apreciar as vilas e as cidades pitorescas com restaurantes tradicionais, monumentos históricos e riquezas da natureza, vocês passarão por oito cervejarias situadas na  Rota da cerveja de Beskydy.

Os que planejam visitar o planalto de Vysočina, e nomeadamente sua maior cidade Jihlava, não devem ignorar a informação sobre existência de um Roteiro da cerveja instrutiva, que os educará por meio de doze placas instrutivas, da história dessa cidade real e sua tradicional cervejeira. Roteiro da cerveja do poeta Petr Bezruč, sobretudo recomendável para ciclistas, oferecerá uma oportunidade de fazer uma excursão agradável de 28 km, partindo de um bairro suburbano de Brno até chegar à porta da cervejaria de Černá Hora.

Em busca do entretenimento nas festas da cerveja

Na agenda do mês de setembro tem muitos festivais das cervejas, eventos muito procurados sobretudo por sua rica oferta de variedades de cervejas. Provavelmente o evento cervejeiro mais visitado de setembro continua ser a chamada Dočesná Žatec (de 5 a 6 de setembro), uma festa tradicional do fim da colheita do lúpulo, realizada no centro histórico de Žatec. Os visitantes poderão aproveitar, além da degustação das cervejas, várias competições, como a dança com uma caneca sobre a cabeça ou a da colheita manual do lúpulo. Um grande número de interessados estará provavelmente na Festa da cerveja, a se realizar entre 11 a 14 de setembro em Brno, em dois locais diferentes da metrópole da Morávia de Sul: na Praça Svobody e no parque da Praça Moravské. A venda haverá uma vasta gama de marcas de cervejas provenientes da República Tcheca, da Alemanha e da Grã Bretanha.

Um outro evento, que se chama Slunce ve skle ( sol no vidro), também ganhou popularidade. O evento a ser  realizado em 20 de setembro nas instalações da cervejaria Purkmistr em Plzeň oferece um desfile das cervejas produzidas por mini-cervejarias tchecas. O menu do ano passado tinha 180 marcas de diferentes cervejas de várias regiões da República Tcheca. Mais outros festivais da cerveja estão na agenda das cervejarias de Ferdinand de Benešov (a 13 de setembro), de Mníšek pod Brdy (a 27 de setembro) ou a do palácio de Zábřeh em Ostrava (a 27 de setembro).

Favoritos