Rejvíz

12. 11. 2013

Um vilarejo montanhoso de contos de fadas, a natureza encantadora e um fantasma misterioso – tudo isso é Rejvíz!

O vilarejo vidreiro e madeireiro Rejvíz costuma ser, junto com o pico Praděd, denominado como o local mais belo da serra de Jeseníky. Um planalto com casas de madeira pitorescas, rodeado por prados e florestas, lembra um conto de fadas – além disso, perto se encontra uma reserva natural única!

As cadeiras talhadas da pensão Rejvíz

A maior atração de Rejvíz, que é o vilarejo situado mais alto da Silésia (780 metros acima do nível do mar), é o museu tecedor ao lado da igreja e a pensão Rejvíz. Os visitantes da toda Europa visitam a taberna de madeira, datada do ano 1795, para ver a coleção das originais cadeiras talhadas, cujas costas levam os aspectos dos visitantes regulares locais. Hoje é possível talhar uma cadeira a pedido de cada um, mas apenas poucas pessoas sabem que esta tradição foi fundada já no início do século XX pelo proprietário da pensão de época, o senhor Brauner que era carpinteiro de Jeseník.

De Rejvíz até Mechové jezírko

Rejvíz apresenta um bom ponto de partida para excursões ciclistas e a pé e também para percursos em esqui de fundo no inverno. Um dos populares destinos é Velké mechové jezírko, o maior tremedal da Morávia, que se formou há 6 – 7 mil anos. A superfície de turfa alcança 3 metros em alguns pontos. Perto do tremedal fica Malé mechové jezírko que já é totalmente coberto de vegetação e está fechado ao público. Os arredores do caráter pantanoso com água preta entretecem umas pistas de madeira que se perdem na sombra de floresta. As pistas protegem a preciosa reserva natural contra os danos e só se pode andar a pé por eles.

Os fantasmas de Rejvíz

Assim como Mechové jezírko tem um particular caráter assombroso, também as lendas sobre o fantasma local – o fantasma do pastor Gill – são tenebrosas. Há lendas que o apresentam como um pequeno pastor mas em outras atua como um velho pavoroso que, tolhido de frio e com muita fome, vagueia em torno de tremedais e chama por socorro. Não se recomenda responder os gritos do pastor da lagoa – quem se compadecer dele e o chamar, morrerá dentro de um ano. Também se diz que quem se atreve a chegar perto dele, o Gill o arrastará nos pântanos sem fundo. Como o fantasma persegue sobretudo as pessoas que andam fora de trilhas marcadas, basta apenas seguir as pistas seguras. Você pode ver a figurinha talhada do pastor Gill na pensão junto com famosas cadeiras.

Também a lagoinha está carregada de uma lenda. Diz que se você olhar a superfície escura da lagoinha, verá as torres da cidade lendária Hunohrad. Os habitantes de Hunohrad supostamente expulsaram os profetas Cirilo e Método e por isso Deus deixou sumi-los junto com a cidade no pântano.

Favoritos