Forests in the Czech Republic

Mionší Forest
7. 11. 2013

As selvas: caminhos estreitos, trilhas com explicações e experiências na selvagem!

Você não tem porque ter receio nas selvas tchecas! Em vez de palmas e árvores exóticas contem pinhos, abetos, faias, bordos e olmos e em vez de bichos ferozes você pode ver os animais habitantes de prados e florestas montanhosas. E ganhará uma ideia de como eram as florestas da Europa Central há mil anos. 

A selva mais conhecida: Boubínský prales

Encontra-se na serra de Šumava, ao pé sudeste do pico Boubín. O núcleo da selva apresenta o mais conservado resto de originais de vastas florestas montanhosas de Šumava, chamadas de floresta fronteiriça. A selva foi titulada de protegida em 1858 mas alguns pinhos, abetos, faias e bordos têm mais que 300 – 400 anos da idade.

O que você pode precisar saber: em torno da selva percorre uma trilha com explicações, no cume de Boubín há um miradouro que oferece uma bela vista circular.

As selvas mais antigas: Žofínský prales e Hojná voda

As primeiras reservas naturais da Europa, selvas Hojnovodský e Žofínský prales, encontram-se no Sul da Boêmia, na serra de Novohradské hory. O proprietário de terras de Nové Hrady, o conde Jiří František August Buquoy, fundou as selvas já em 1838. A selva Žofínský prales está, assim como a selva Boubín, vedada, já a selva menor Hojná voda tem acesso livre.

O que você pode precisar saber: perto de Žofínský prales fica o palacete de caça Žofín que conta com uma pensão e um restaurante e é um destino preferido de todos turistas cansados.

A selva mais distante: prales Mionší

Você pode visitar a selva prales Mionší nas profundas florestas perto da fronteira tcheco-polaca, desde junho até setembro. O maior conjunto de floresta natural de faias e abetos tem o último resto de originais das florestas mistas de Beskydy. Um caminho íngreme vai desde o vilarejo Dolní Lomná, uma trilha com explicações acompanha o caminho e percorre também o interior da selva.

O que você pode precisar saber: A trilha passa por umas estreitas pistas de caçadores, não é apta para carrinhos de bebê nem para as pessoas com capacidades limitadas.

A selva colocada mais alto: Dvorský les na serra de Krkonoše

Como é que eram as florestas de Krkonoše antes do tempo em que as pessoas chegaram na serra? Você pode ver na selva Dvorský les. É uma velha floresta de faias nos picos de Rýchory (1033 metros acima do nível do mar), exposto aos ventos fortes e ao áspero clima montanhoso. Há uma trilha de explicações que percorre a selva, começa ao chalé Rýchorská bouda.

O que você pode precisar saber: há várias trilhas marcadas que vão até a selva, o melhor caminho sai de Horní Maršov ou Žacléř.

A selva mais ocultada: a selva montanhosa Razula

É pequena e não é tão famosa como as selvas mais antigas e maiores. É uma selva de faias e abetos que se estende na serra de Javorníky, no fim do vale Malá Hanzlůvka. Os caminhos do vilarejo Lésková, que forma parte de Velké Karlovice, o levarão lá, mas não existe nenhum percurso que percorresse a selva ou a entornasse.

O que você pode precisar saber: o nome da selva abrange o centro de esqui circunvizinho.

A selva mais íngreme: percurso aventuroso “Espírito da selva“

Um dos percursos aventurosos para os visitantes da serra de Šumava começa à barragem do lago Plešné jezero e termina umas centenas de metros mais alto, ao lado do monumento ao escritor A. Stifter, no alto da parede do lago. A trilha lhe fará conhecer a floresta como era nos tempo remotos dos nossos antecedentes. Não é longo mas todas direções exigem forte e difícil subida ou descida.

O você pode precisar saber: A trilha se curva na ladeira do pico Plechý (1 378 m) que é o cume mais alto da parte tcheca de serra de Šumava.

Favoritos