Architecture of the Communist era

Television transmitter on Ještěd Mountain
9. 10. 2013

Para uma pessoa a cor cinza feia de cimento, para outra exótica e cheia de contrastes interessantes – quais obras arquitetônicas lembram a época comunista?

Nos anos entre o fim da segunda guerra mundial e a revolução do veludo em 1989 nasceram obras arquitetônicas destacadas e também umas obras que não deveriam ter nascido. No primeiro caso, por exemplo, o emissor de televisão em Ještěd ou o Restaurante Expo 58, os outros representam as construções de nenhum encanto, cinzas  e sem ideia.

Casas pré-fabricadas e „Pakul“

Mais notáveis são as casas pré-fabricadas e vastas aglomerações urbanas que margeiam as cidades. Recebem variedade de apelidos feios, por exemplo selva de cimento ou cidades de aço. E seria uma maravilha descobrir uma cidade na República Tcheca em que não tivesse crescido pelo menos uma casa pré-fabricada. Infelizmente se mostram muito resistentes e ficarão conosco ainda muitos anos.

Também o Centro de Congressos foi aceitado com polêmica, costuma ser chamado de superdimensionalisado. O edifício da antiga Assembleia Federal – hoje edifício do Museu Nacional – no extremo superior da Praça de São Venceslau em Praga, obra do arquiteto Karel Prager, é designada como uma cicatriz na cara do centro de Praga. Por outro lado, também há pessoas que o apreciam como o exemplo culminante da época.

O hotel Crown Plaza goza de posição peculiar, sendo o edifício no estilo stalinista, inspirado pelos edifícios parecidos em Moscou. Não se encaixava com a arquitetura praguense já no momento da sua construção e, a pesar de todos os esforços, não consegue harmonizar com ela nem hoje.

Obras com ponto de interrogação e também sem ele

Entre as obras recebidas com menos polêmica (mas sempre com alguma crítica) são, por exemplo, a Cena Nova do Teatro Nacional, o grande armazém Kotva na praça de náměstí Republiky em Praga ou o emissor de televisão no bairro de Žižkov, a obra arquitetônica mais alta de Praga de 216 metros. Os habitantes de Praga aceitam o emissor por causa do restaurante e do terraço que oferecem uma vista fantástica, talvez. Os praguenses não podiam fazer outra coisa que acostumar-se.

O melhor exemplo de arquitetura trazida pela época comunista é o emissor de televisão em Ještěd que recebeu o prestigioso Prêmio de Perret e também o antigo restaurante Expo 58 em Letná de Praga que dou continuidade à tradição da vanguarda tcheca.

Favoritos